outono inverno 2021

MODALISBOA | DAY1

Duarte

Ana Duarte nasceu em Lisboa, graduada em Design de Moda pela FAUL e Mestra em Menswear Design and Technology na London College of Fashion.

Apresentou sua nova coleção Third Pole para o outono/inverno 20/21 europeu. Inspirada na 1ª expedição ao Evereste nos anos 50, Duarte trouxe as passarelas uma rica e detalhada produção. Vimos um silhueta oversizes e Fitted, lã, algodão reciclado (como a do meu cropped tricô), peles fake e tecidos técnicos Waterproof.

Na paleta de cores podemos perceber que foi numa cartela mais fechada, como o cinza pedra, azul petróleo, verde, castanho, vermelho tijolo e o amarelo/dourado.

Confira:

Valentim Quaresma

Valentim Quaresma expressa a criatividade através da moda e da arte. Estudou na escola de artes António Arroio e no departamento de joalharia da Ar.Co. Ganhou o prêmio “Accessories collection of the Year” na competição Internacional ITS#7 em Trieste – Italia, e começa a sua própria marca.

Um desfile cheios de referências e inspirações. Valentim traz a passarela uma coleção inspirada nas suas experiências de vida. Com uma silhueta oversized adaptada ao corpo e um jogo de assimetria que arrasou. Podemos ver na produção dos looks malhas, vinil (que bomba nessa estação), neoprene, acessórios em latão, alumínio, cobre e materiais reciclados.

A paleta de cores vai do preto, castanho, cobre, prato e ouro.

Carlos Gil

Nascido em Nampula, Carlos Gil formou-se em Design de Moda em Portugal. Inaugura o seu primeiro atelier em 1998, no Fundão, cidade onde ainda reside, e poucos anos depois a sua primeira loja em nome próprio – CARLOS GIL.

A coleção Mind Games traz o outono/inverno 20/21. Carlos Gil traduz sua coleção como: “todo o ser humano se questiona e procura respostas no seu interior, respostas do seu íntimo que o levam a encontrar novos caminhos. As respostas que nos direcionam a uma clareza de ideias e emoções que transformam o abstrato em algo concreto.”

Gil traz a passarela uma mulher determinada, elegante, moderna e sensual. Uma paleta de cores rica no preto, cinza, vermelho vivo, azul turquesa, pink e estampa animal print. O mix de estampa também chamou bastante atenção na passarela, além da transparência e no jogo de cores que eu amo.

O vinil transformou essa coleção, como a alfaiataria.

Beiiiijos

Compartilhe

PARIS FASHION WEEK 2020

Bora falar sobre uma das maiores semanas de moda do mundo, o Paris Fashion Week.

Separei 4 desfiles para vocês, lá vaaai.

Dior

A coleção outono/inverno 2020/21 da Dior, foi um espetáculo de beleza e representatividade. Uma junção criativa de Maria Grazia Chiuri e a artista Claire Fontaine, deu o resultado de looks lindos e cheios de histórias.

Looks inspirados nos anos 70 e reinterpretações na malha e no tie-dye. Uma atualização linda e chiquerrima da bolsa Book Tote da marca marcou a passarela. Podemos ver que vem muita coisa linda nessa estação, como o poá, xadrez (MUIIIIITO), lenços na cabeça, muiiiiitas franjas e transparência.

A marca explorou referências feministas para se inspirar. Algumas das experiências das estilistas, como a jaqueta estilo camuflagem da Chiuri.

Além disso tudo, tiveram também os looks luxuosas de festas, como o vestido de seda pura, brilhantes e fluidos.

Yves Saint Laurent

Como sempre Saint Laurent foi um sucesso na passarela, não tem como errar, concorda?

Uma das peças chaves dessa coleção foi uma jaqueta de tartan vermelha com uma blusa de lavanda e uma legging preta justa de vinil. Isso mesmo, v-i-n-i-l. Presente em quase todos os looks, em várias cores e estilos, o vinil vem com tudo nessa estação.

Uma coleção inspirada nos anos 90 e no Catwoman, o criativo Anthony Vaccarello trouxe ao Outono e Inverno de Saint Laurent looks coloridos, com trespassados e ombros largos. E sem dúvidas as peças ultra sensuais que é a cara da marca, como as blusas transparentes, sutiãs de vinil e de renda.

Chloé

Chloé trouxe ao seu outono/inverno uma mulher que ama sua companhia. Que viaja para calmaria do campo e contempla a natureza e as belezas do outono.

A paleta de cores foi baseada nas cores das folhas secas dessa estação. Pantalonas, alfaiataria e fluidez foram destaques na passarela. Como também os vestidos e saias de seda plissadas com detalhes de renda. As botas e casação de matelassê é um sucesso.

Podemos ver também a transparência e babados em suas composições.

Lanvin

Bruno Sialelli, diretor criativo da marca, apresentou uma nova era para marca. A coleção teve um toque retrô, fazendo da passarela uma viagem no tempo.

Como modelo principal a linda Gigi e Bella Hadid, Bruno trouxe casacos pesados com gola e bolsos. Acessórios em couro, chapéus e modelagens oversizes. Paleta de cores sóbrias e versáteis fizeram a diferença nessa coleção.

Os vestidos de festas foram sucesso na passarela. Os brilhos cravejados deram destaque.

Beiiiiiiijos

Compartilhe