moda na pos pandemia

O FUTURO DAS SEMANAS DE MODA

Já faz um tempo que se iniciou um movimento na industria da moda que questiona o formato atual do circuito, em que diversos representantes da área achavam esgotantes produzir 4 a 6 diferentes coleções por ano, devido a intensidade de produção e criação que leva tempo, e tinha que ser espremido para se encaixarem as temporadas.

Com a chegada da pandemia e a necessidade do distanciamento social, o mercado da moda se viu obrigado a se adaptar a novas condições, como produzir peças, que muitas vezes são feitas a mão, em ritmo reduzido, e desenvolver uma nova forma de apresentação já que não há possibilidade de aglomeração de público.

O que nos leva a pensar em como será o futuro da moda diante dessa nova realidade que enfrentamos, já que cada vez mais as marcas estão abandonando os circuitos tradicionais para investir em desfiles minimalistas ou produções de slowfashion e a pandemia agitou questões sobre sustentabilidade e democratização da moda.

Exemplo de um novo modelo de apresentação do mercado, será o London Fashion Week que terá sua versão 100% online. O LFW desenvolveu uma plataforma digital que terá acesso democrático, e contará com desfiles femininos e masculinos, showroom, entrevistas com estilistas, e podcast sobre moda.

No pós pandemia as questão que deverão ser discutida serão: O impacto do mercado no meio ambiente, a necessidade em manter um distanciamento seguro, as questões de saúde mental causadas pela exaustão da criação frenética das coleções (ansiedade, burnout etc) para uma média de 6 desfiles anuais.

Me conta nos comentários quais mudanças você acha que as temporadas de moda terão.

Beeeeeijos

Compartilhe