filipe faisca

LFW: Day 3 (parte 1)

Oiii amores!!

Confiram mais um dia de desfile do Lisboa Fashion Week.

Desfile 1 – Andrew Coimbra

A Coleção primavera/verão explora o espírito descontraído: leve, solto e esfuziante, mas com uma espontaneidade usada. Inspirada nos artistas contemporâneos (Jeans-François Lausa, Keith Coventry e John Zabawa), Andrew utilizou uma mistura de texturas e paletas de cores elegantes com base nos clássicos (preto, caqui e cinzento), acrescentando com o vermelho, amarelo e verde lima.

A silhueta resulta de um equilíbrio entre o streetwear casual e solto e um estilo urbano mais clássico e trabalhado, valendo-se de tecidos práticos com um toque de glamour.

Para o clima imprevisível da primavera, capas de nylon à prova de água e lã de Melton. Para trazer leveza, uma combinação de mistura de linho, crepe da china e algodão.

Desfile 2: Olga Noronha

“HIPNOPOMPIA”

Um desfile conceito, rico em histórias. Na Hipnopompia (nome de sua coleção) foi utilizado técnicas e estética do renascimento Italiano e Asiático, surgindo esculturas rígidas e naturalísticas que envolvem o corpo com um dinamismo do movimento.

Desfile 3: Filipe Faísca 

INOCÊNCIA

A coleção de Filipe Faísca revisita a história contada através do tradicional Bordado da Madeira integrando-o no guarda-roupa da mulher moderna.

Filipe utilizou como conceito:

“ABELHA: Símbolo de trabalho árduo. De vontade. D’alma. Como se de um bordado se tratasse.

BORBOLETA: Personificação máxima da beleza nipónica – a gueixa – a mulher que voa ao sabor da elegância.

LIBELINHA: Ponte entre tudo o que fomos e quase tudo aquilo que somos.

FLOR: Tão pura. Tão frágil. Tão mulher. Oh! A mulher… Sempre a mulher!”

Confiram:

Beiiijos ♥

Compartilhe