RALPH & RUSSO

ALTA COSTURA | RALPH & RUSSO INVERNO 2021

Olá amores!

Vocês já perceberam como o mercado da moda está se reinventando para superar o distanciamento que a pandemia nos trouxe? Os desfiles de alta costura estão esbanjando criatividade, não só nas coleções, mas também em como apresentá-las para o público.

A coleção de alta costura de RALPH & RUSSO, chegou e trouxe nada mais, nada menos que uma supermodelo viajando as 7 maravilhas do mundo moderno e posando com os modelos da grife. Ai você pensa “Como assim viajando o mundo, Bruna?”, e eu te digo: Ela é uma supermodelo digital!

Seu nome é Hauli, que significa força e poder no língua Swahili, em homenagem às mulheres, e principalmente a beleza da mulher africana. E assim, ela visita as 7 maravilhas do mundo (viajando como a gente queria poder fazer agora, né? Que saudades) vestindo uma coleção que foi inspirada na natureza floral, cores fluorescente, formas e tecidos esvoaçantes, pura magia!

Eu estou apaixonada pelas formas das peças dessa coleção, me contem qual foi a sua favorita!

Beiiiijos

Compartilhe

SEMANA DE ALTA COSTURA | DIOR, CHANEL, RALPH & RUSSO

Oii amore!

Aconteceu do dia 20 a 23-01 a Semana de Alta Costura em Paris e aproveitei pra trazer aqui no blog os meus 3 desfiles preferidos.

Senta aí e aproveita a leitura!

1 – Dior

A semana de Alta Costura em Paris teve inicio no dia 20, com o desfile da nossa querida Dior. 

Marca por um discurso feminista, a Dior trouxe uma coleção inspirada no trabalho da artista Judy Chicago (artista americana e feminista). 

Sabe aquele estilo romântico e de uma mulher frágil e reprodutiva? A italiana Maria Grazia Chiuri, mostra que a moda feminina não é mais assim. Desde que entrou na direção artística da marca, ela vem mudando isso. Trazendo para as coleção uma mulher mais militante e forte. 

Gente, os detalhes desse desfile foi perfeito. No local existiam bandeiras com as frases: “E se as mulheres governassem o mundo?” 

Bora falar das peças?

Foram em média 77 looks, com inspiração greco-romana (um bapho), com drapeados, arranjos na cabeça e lindas folhas douradas como acessórios na cabeça. 

Ah, fios metálicos e as franjas estão com tudo. 

Algumas peças que marcam a Maison Dior também estiveram presentes, como os vestidos com a cintura marcada, criando aquele efeito visual de ampulheta. 

Usaram e abusaram das transparências. 

Confiram algumas das minhas escolhas: 

2 – Chanel

O desfile na Semana de Alta Costura Primavera-Verão 2020 teve inspiração na história de Gabrielle Chanel, onde viveu sua infância no orfanato.

Unindo sofisticação e elegância, a grife trouxe uma coleção cheia de história, através das sua roupas que marcam a tradição da marca.

A passarela transcreveu a infância de Coco Chanel no Orfanato da Abadia de Aubazine. 

As estampas em tons pastéis foram todas inspiradas nos vitrais do local, remetendo ao século XII. Traços poéticos, geométricos e brilhantes.

Os detalhes das peças em 3D, lembram as flores do jardim.

As golas bem a cara colegial nos tailleurs e os negro das das janelas do orfanato, também são destaques nessa coleção.

Eles mesclaram tule (a fluidez do tecido bomba nessa estação) e babados (o volume ganha bastante destaque nas saias e blusas) com os tecidos de camisaria, onde ditam tendência para a próxima estação. Está preparados? 

Confira:

3- Ralph & Russo

Em celebração ao aniversário da grife, a Maison apresenta sua nova coleção jovem e moderna, com um desfile deslumbrante.

Inspirada no arquivo da marca, a criação repagina suas antigas peças com um toque mais contemporâneo. 

Vimos na passarela, florais estruturados, laços grandes, tailleurs de crepe de seda, e suntuosos drapeados. Além dos tons de azul céu, rosa pastel, verde e azul cobalto (que eu amo).

Veja só e se apaixone nessas obras primas:

Beiiijos

Compartilhe